A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

28/02/2011

De Belém o Glorioso para o Mundo - continuação II

28/02/2011 + 0 Comentários

28 de Fevereiro de 2011
De Belém o Glorioso para o Mundo
EFEMÉRIDE
Tive curiosidade em estar presente neste momento histórico para o Mundo. Por isso desloquei-me no trem do Cais do Sodré apeando-me na estação de Belém. E foi tudo como estava planeado. À tarde efectuou-se uma reunião na Farmácia Franco (actual dependência de Belém da Caixa Geral de Depósitos) com 24 entusiastas que fundaram em definitivo o Clube. Foi escolhida uma Comissão Administrativa e decidido instalar provisoriamente a sede na Farmácia Franco.

Dilectos, vos digo. Parece-me que este Clube vai dar muito que falar em todo o Mundo onde se pratique o Foot-Ball.

Texto de recriação histórica em homenagem a esse ilustre (mas desconhecido benfiquista) olisiponense - Norberto de Araújo (1889-1952).


Acta da Fundação, escrita por Cosme Damião, com os nomes dos 24 primeiros associados do Clube: Abilio Meireles, Amadeu Rocha, António Rosa Rodrigues, António Severino, Cândido Rosa Rodrigues, Carlos França, Daniel Brito, Eduardo Corga, Francisco Calisto, Francisco Reis, João Ignacio Gomes, João Goulão, Joaquim Almeida, Joaquim Ribeiro, Jorge Augusto Sousa, Jorge da Costa Afra, José Linhares, José Rosa Rodrigues, Manuel Gourlade, Manuel França, Raul Empis, Henrique Teixeira e Virgílio Cunha

ALBERTO MIGUÉNS

Ler Mais ►

De Belém o Glorioso para o Mundo - continuação

+ 2 Comentários
Postal da Farmácia Franco com a anotação, por Manuel Gourlade, dos nomes dos participantes no primeiro treino: António Rosa Rodrigues, Cândido Rosa Rodrigues, José Rosa Rodrigues, Daniel Brito, Eduardo Corga, Henrique Teixeira, Carlos França, Abilio Meireles e Amadeu Rocha

 28 de Fevereiro de 2011
De Belém o Glorioso para o Mundo
EFEMÉRIDE


Hoje, de manhã, realizou-se um treino nos terrenos da Companhia de Caminhos de Ferro Portugueses (CP), situados entre a linha férrea Cais do Sodré - Cascais e a sul da casa do Duque de Loulé. Começou às onze horas e prolongou-se até ao meio-dia e meia-hora. Estiveram presentes dez players. Depois do treino realizou-se um almoço, certamente no Café do Gonçalves ou no António das Caldeiradas (nas arcadas da Rua Vieira Portuense, actual nº 28) por serem locais habituais de confraternização dos players.
    
Continua pelas 15.00 horas

Café do Gonçalves na Rua de Belém, onde surgiu a ideia de fundar o Clube e alguns dos nossos fundadores almoçaram há 107 anos

ALBERTO MIGUÉNS
Ler Mais ►

De Belém o Glorioso para o Mundo

+ 0 Comentários
28 de Fevereiro de 2011
De Belém o Glorioso para o Mundo
EFEMÉRIDE

Relato (virtual, mas provável) de um domingueiro lisboeta

Caríssimos leitores. Andando em peregrinação domingueira pelo bairro de Belém, reparo que o movimento de pessoas não é o usual junto da Farmácia e Drogaria Franco, como todos sabem afamado estabelecimento comercial para cura de maleitas do corpo e do espírito, naquele caso com preparo de drogas, neste com as assanhadas mas suculentas conversas acerca da bola.

Ao que contam é hoje que os idealistas do passado Dezembro de 1903 vão concretizar a fundação de mais um clube em Lisboa dedicado ao futebol. Mais é melhor não se pronunciar em voz alta, porque consta que eles não querem ser mais um clube, querem ser o Clube. É que desde esse fantástico 13 de Dezembro quando um misto de foot-ballers do Grupo dos Catataus e dos ex-alunos casapianos venceram, por 1-0, o famoso team do Grupo dos Pinto Basto e na confraternização que se seguiu no Café do Gonçalves (actual Cervejaria “Nau de Belém”, na Rua de Belém n.º 29) alguém alvitrou que “com aqueles elementos, e só portugueses, fazia-se um grande team”, muitas diligências foram feitas e todas bem sucedidas.

Continuaram a treinar-se na área de Belém - no Areal (em frente da Rua Vieira  Portuense , onde está hoje um relvado) , na Praia do Restelo (onde está hoje a Praça do Império) ,  nas traseiras da Quinta de Praia do Duque de Loulé (onde  está hoje o Centro Cultural de Belém), no Hipódromo de Belém (onde está hoje o Bairro do Restelo) e ainda à beira-rio , entre as docas. Optaram pelo nome de Grupo Sport Lisboa e pelo vermelho para as camisas de flanela. O emblema foi desenhado com base na Águia e escolheu-se a divisa Et Pluribus Unum (Todos por Um, Todos pelo Clube). Marcou-se a tarde de 28 de Fevereiro de 1904 para fundar o Grupo.

Continua pelas 11.00 horas

ALBERTO MIGUÉNS
Ler Mais ►

Um pedaço de história

+ 1 Comentários
video
Ler Mais ►

Pontapé de Saída

+ 11 Comentários
Foram dois anos de enorme prazer e paixão. O Benfica é isso. Prazer e Paixão.

O programa “Em Defesa do Benfica” na Benfica TV, foi (é) um espaço de aprendizagem, principalmente para os seus apresentadores, enquanto veículos, porque se tratam apenas disso mesmo, veículos de uma defesa, que a verdade da história se encarrega de fazer, contra ignóbeis ataques, mentiras e deturpações, construídos por complexados, não bairristas, mas sim provincianos e também por “nobres” apenas de brasões, que não de princípios. Medrosos escribas alimentam o ardil, fornecendo os andaimes para esta nojenta construção. Sejam eles dos jornais, da rádio ou da TV.

A Benfica TV tem esse sublime desafio de ser a voz do Benfica no áudio-visual, sendo hoje o mais poderoso veículo de que o clube dispõe, para repor a verdade de todos os impropérios de que é vítima diariamente.

Para nós (António e Alberto), há de facto algumas incompatibilidades de horários, que por sua vez, têm de se adaptar às disponibilidades de estúdio da BTV. Tudo isto é verdade. Tudo isto são razões objectivas. Mas, outras há que, embora mais subjectivas, ajudam a tornar desestimulante qualquer esforço de compatibilidade, entre as três partes.

O horário de emissão, pelo menos em relação à estreia de cada programa, faz-nos ver, que se trata de um produto televisivo, no universo da BTV sem a relevância e importância que justifique o esforço para gravar o “Em Defesa do Benfica”.
Nesta consideração, não existe da nossa parte nenhum azedume, vaidade ou arrogância. Os critérios são da responsabilidade de quem de direito e esse alguém é tão benfiquista e apaixonado pela causa “vermelha” como todos nós.

Desde já agradecemos o apoio que recebemos dos benfiquistas e telespectadores conseguindo com este “Blogue” satisfazer algumas das solicitações:

1.º - Será possível conhecerem-nos através dos textos que vamos inserir com regularidade;

2.º - Será possível visualizarem e copiarem os materiais que fomos exibindo nos 96 programas entretanto gravados, pois colocaremos tudo isso à vossa disposição;

3.º - Será possível ter um meio facilitado para chegarem ao nosso contacto.

Este Em Defesa do Benfica terá como único, porque exclusivo, objectivo defender intransigentemente os interesses do Glorioso Sport Lisboa e Benfica. Qualquer opinião expressa vinculará apenas nós – e só nós os dois - os seus autores.

Por isso desmascararemos intrujices e embustes veiculados por terceiros.
Por isso denunciaremos quem se esteja a servir indevidamente do Clube.
Por isso ridicularizaremos a desfaçatez, insolência e aldrabices dos impostores.
Por isso colocaremos as declarações, insinuações e participações no sítio certo.
Por isso comentaremos a grandeza do Clube, dos seus dirigentes, associados, equipas, atletas e individualidades. 

Por isso elevaremos sempre o nome, símbolos e ideais do Clube, enquanto colectividade, acima de qualquer interesse mesquinho e individual.

Este será um espaço de liberdade, mas também de intrínseca responsabilidade, porque não poderá haver uma sem a outra. Visaremos sem contemplações as “ervas daninhas” que se instalem à nossa volta. Estejam onde estiverem. Em cada hora, em cada dia, saberemos separar devidamente o “trigo do joio”. Sempre à imagem e no trilho exemplar desse insigne Benfiquista, fundador deste imorredoiro Clube, símbolo maior do dirigismo do SLB, que dá pelo nome de Cosme Damião.

E PLURIBUS UNUM (TODOS PELO BENFICA)

Calorosas Saudações Benfiquistas

ALBERTO MIGUÉNS e ANTÓNIO MELO
Ler Mais ►