A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

09/04/2016

À Procura de Mais Três Pontos

09/04/2016 + 0 Comentários
E DA VITÓRIA CEM NO CAMPEONATO NACIONAL DO PRIMEIRO ESCALÃO.


Quem de 20 tira dois, ficam 18. Destes 18 será formado o "onze titular" para começar fazer chegar o SL Benfica aos 73 pontos, quando ficarão por disputar 15 (cinco jornadas).



Teoricamente o Benfica tem tudo para sair na frente do campeonato, pelas 20:30 horas, com cinco pontos e vantagem e colocar pressão no Sporting CP que entrará em campo a seguir às 20:45 horas. Do FC Porto já não reza a história em 2015/16.


Em Coimbra coexistiram quatro campos para se jogar futebol que o Municipal (actual estádio Cidade de Coimbra) tornou obsoletos acabando por desaparecer, excepto o da Arregaça do outro clube de futebol da cidade, o União (onde a equipa principal não jogou pois o União Futebol Coimbra quando esteve no primeiro escalão utilizou o estádio Municipal). O campo do Arnado (do SC Conimbricense) era o que conseguia maior lotação ainda que em condições de visibilidade muito precárias

Coimbra já foi muito diferente
Com muitos campos para se jogar futebol. E o Benfica calcorreou todos eles. Já escrevi acerca dos títulos e troféus conquistados em Coimbra (quem quiser tem aqui, em 28 de Junho de 2015, esse texto feito por sugestão dos Benfiquistas de Coimbra). 


Foi no campo de Santa Cruz que o adversário deste sábado recebeu o "Glorioso" nas onze edições iniciais (1934/35 a 1944/45) com um conjunto favorável de resultados: seis vitórias, três empates e duas derrotas (4-5 e 1-3), com 37 golos marcados e 25 golos sofridos. Valadas com oito golos foi o melhor Glorioso Goleador. Rogério Carvalho (felizmente ainda entre nós) deve ser o último sobrevivente a marcar golos para o campeonato nacional neste campo


O campo do Loreto, no Casal Ferrão, junto da Estação Velha (depois, Coimbra B) era o que melhores condições oferecia ao público e futebolistas, mas tinha pouco mais que a lotação do campo de Santa Cruz no número de lugares sentados. Pertencia a um clube ligado à filial da fábrica "Cerâmica Lusitânia", o Lusitânia DC. Clube modesto, mesmo no Regional de Coimbra, o 4.º clube da cidade, até atrás do SC Conimbricense quando este baluarte do Basquetebol se dedicava ao futebol. Como o campo de SAnta Cruz já não tinha condições, a Associação Académica de Coimbra recebeu o "Glorioso" neste spaço durante três temporadas: 1945/46 (E 3-3), 1946/47 (E 3-3) e 1947/48 (V 6-2), ou seja, com 12 golos marcados e oito sofridos, Arsénio foi o grande goleador, com cinco golos. Em 1947/48 o 14.º (e último lugar) relegou o clube para a II Divisão. Quando regressou já o campo era outro...


Depois de ter sido despromovida a primeira vez, em 1948/49, a equipa da academia coimbrã ascendeu à I Divisão, em 1949/50, estreando-se no novo campo construído no Calhabé com o nome de Municipal, inaugurado em 20 de Janeiro de 1949. Este campo que começou por não ter cobertura, depois teve camarotes na lateral do lado do rio Mondego vai receber, pela 49.ª vez, o "Glorioso" em jornada do campeonato nacional. O melhor marcador neste estádio? Quem havia de ser! Eusébio com 12 golos



Foi o "Glorioso" que inaugurou o estádio depois de remodelado, embora o local do relvado seja o mesmo (a velha Igreja de São José tem "assistido" a tudo), as bancadas é que têm crescido e modificado/modernizado. O Benfica venceu, por 3-1, em 29 de Outubro de 2003. O primeiro futebolista do Benfica a marcar um golo foi Sokota.

O "Clássico Democrático" (dois clubes interligados pelo Direito À Liberdade)
De um lado o Clube do Povo. Do outro o da inteligência da academia coimbrã. Com eleições antes do 25 de Abril de 1974. Embora na actualidade a AAC tenha pouco a ver com a Universidade. Como é vulgar em Portugal, o “Glorioso” tem ampla vantagem nos confrontos frente à equipa de futebol da AAC: mais 115 vitórias (129 vs 14) e mais 328 golos marcados (491 vs 163). No Campeonato Nacional mantém-se, igualmente, a superioridade: mais 90 vitórias (99 vs nove) e mais 244 golos marcados (357 vs 113).

         JOGOS TOTAIS DO SLB POR COMPETIÇÃO
com a equipa da Associação ACADÉMICA de Coimbra
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
168
129
25
14
491
163
Campeonato Nacional
127
99
19
  9
357
113
Campeonato/Taça Portugal
  17
  13
  1
  3
47
 16
Taça da Liga
    1
     1
  -
-
3
  2
Torneios
    1
-
  -
  1
1
    2
Particulares
  22
  16
  5
  1
83
 30


Dar lições, bem dadas, aos “estudantes”. Aprendam com quem sabe…
Numa longa tradição para o campeonato nacional (63 jogos) que já houve encontros no Municipal (48), Santa Cruz (onze), Loreto (três) e, até, na Figueira da Foz (em 2002/03), mas mantém-se a lógica: o Benfica vence. Em 63 edições, mais 38 vitórias (43 para cinco derrotas) e mais 84 golos (150 marcados para 66 sofridos). Se juntarmos as outras competições as diferenças aumentam pois o Benfica tem superioridade na Taça de Portugal e nos jogos para competições não oficiais nos quais nunca perdeu em Coimbra. Aliás, o Benfica não perde em Coimbra há 25 temporadas (desde 1973/74) e na Taça de Portugal desde 1966/67 quando a equipa coimbrã (2.º lugar no campeonato nacional) afastou o "Glorioso" nos quartos-de-final, perdendo (D 2-3) para o Vitória FC Setúbal a Taça de Portugal num jogo com 143 minutos (90 + 30 + 23) com o golo da vitória a escassos sete minutos do final do segundo prolongamento. Em Portugal, jogo mais "extenso" que este só a finalíssima da Taça Latina em 1950, conquistada pelo Benfica, com 146 minutos!

          JOGOS COMO VISITANTE DO SLB POR COMPETIÇÃO com a equipa da Associação ACADÉMICA de Coimbra
Competição
J
V
E
D
GM
GS
TOTAIS
82
58
17
7
212
85
Campeonato Nacional
63
43
15
5
150
66
Campeonato/Taça Portugal
6
4
0
2
10
4
Particulares         
13
11
2
0
52
15

Invictos nos últimos doze jogos
Com oito vitórias consecutivas e oito (em doze) sem golos sofridos! Vamos lá somar mais três pontos e fazer aumentar as cifras favoráveis! À Benfica!

ÚLTIMOS 49 SLB vs AAC
Jogo
N.º
Época
Comp
Sit
V
E
D
120
1985/
1986
Par
N
1-3
121
CN
F
1-0
122
CN
C
1-0
123
1986/
1987
CN
C
2-0
124
CN
F
0-0
125
1987/
1988
CN
F
4-2
126
CN
C
1-1
127
92/93
Par
F
2-1
128
93/94
Par
F
4-2
129
94/95
Par
F
4-0
130
95/96
Par
F
2-1
131
1997/
1998
CN
C
1-1
132
CN
F
2-1
133
1998/
1999
CN
C
3-0
134
TP
C
4-1
135
CN
F
3-0
136
00/01
Par
F
1-1
137
01/02
Par
F
4-0
138
2002/
2003
CN
C
1-1
139
CN
F
4-1
140
2003/
2004
CN
F
3-1
141
TP
F
1-0
142
CN
C
2-0
143
2004/
2005
CN
F
1-0
144
CN
C
3-0
145
2005/
2006
CN
F
0-0
146
CN
C
3-0
147
2006/
2007
CN
F
2-0
148
CN
C
2-0
149
2007/
2008
CN
F
3-1
150
TP
C
3-1
151
CN
C
0-3
152
2008/
2009
CN
F
2-0
153
CN
C
0-1
154
2009/
2010
CN
C
4-0
155
CN
F
3-2
156
2010/
2011
CN
C
1-2
157
CN
F
1-0
158
2011/
2012
CN
C
4-1
159
CN
F

0-0

160
2012/
2013
CN
F

2-2

161
TL
C
3-2


162
TP
F
4-0


163
CN
C
1-0


164
2013/
2014
CN
F
3-0


165
CN
C
3-0


166
2014/
2015
CN
F
2-0


167
CN
C
5-1


168
2015/
2016
CN
C
3-0


169
CN
F
TOTAIS
49 J - 38 - 7 - 4 (109/33)

NOTA: Em destaque – Jogos para o campeonato nacional no terreno do adversário deste sábado

Carrega Benfica!

Alberto Miguéns
0 comentários
comentários

Enviar um comentário

Em Defesa do Benfica no seu E-mail