A criação deste Blogue, ideia de António Melo, tem como objectivo divulgar, defender o Sport Lisboa e Benfica e a sua Gloriosa história. Qualquer opinião aqui expressa vinculará apenas o seu autor, Alberto Miguéns.

SEMANADA: ÚLTIMOS 7 ARTIGOS

07/04/2017

Amanhã Vai Ser Um Dos Dias Mais Felizes Como Benfiquista

07/04/2017 + 3 Comentários API
VOU FINALMENTE PODER ENCONTRAR-ME E ENTREVISTAR O ÚNICO DOS 17 CAMPEÕES EUROPEUS COM QUEM NUNCA FALEI (A NÃO SER PELO TELEFONE). O GIGANTE SARAIVA!



Inexplicavelmente (tá calado que sabes o porquê) o mais ignorado de todos. Principalmente pelos dirigentes. Pelos adeptos é normal. Geralmente só lhes interessa os nomes que ouvem repetir muitas vezes! Ou que os deliciaram a jogar, por isso contemporâneos. 

E alguns partiram tão cedo para o "Quarto Anel! Todos ainda podiam (e deviam) estar entre nós!


NO QUARTO ANEL
Campeões Europeus
Idade
DN
DF
Santana
53
22.Mar.1936
24.Abr.1989
Costa Pereira
60
23.Dez.1929
25.Out.1990
Serra
58
06.Nov.1935
05.Ago.1994
Neto
63
05.Out.1935
23.Mar.1999
José Águas
70
09.Nov.1930
10.Dez.2000
Germano
72
13.Jan.1932
14.Jul.2004
Cavém
72
21.Dez.1932
11.Jan.2005
Humberto Fernandes
70
05.Out.1938
08.Fev.2009
Eusébio
71
25.Jan.1942
05.Jan.2014
Coluna
78
06.Ago.1935
25.Fev.2014
NOTAS: DN - Data de nascimento; DF - Data de falecimento

Vai ser uma emoção gigantesca. Um futebolista, a par de José Augusto, que Béla Guttmann exigiu que o Benfica contratasse quando o Glorioso - através do "diplomata/enviado especial" Gastão Silva a pedido do presidente Maurício Vieira de Brito -  foi "sacar" Béla Guttmann, ao FC Porto, em Maio de 1959!

Dois "cromos" em  1958/59



Quem quiser ler toda a entrevista está ao alcance deste clique. Vale bem o tempo ocupado. Obrigado Mário Pais por mais este "naco" de boa prosa do seu magnífico arquivo.



Nem acredito que faltam poucas horas para o conhecer pessoalmente!

Alberto Miguéns

NOTA FINAL: O jornalista (Couto e Santos) que fez a entrevista ao futuro Campeão Europeu, o nosso Saraiva era o correspondente da "France Football". Pois foi ele que decidiu que sendo português não devia votar em Eusébio para 1.º lugar (cinco pontos). Deu-lhe quatro pontos como 2.º melhor do ano de 1966. Consta que o jornalista inglês deu cinco pontos a Bobby Charlton. Resultado: Eusébio perdeu a segunda "Bola de Ouro" consecutiva pois Couto e Santos se tem colocado Eusébio em 1.º lugar ( + 1 ponto) e Bobby Charlton em 2.º lugar (- 1  ponto) teria permitido ao nosso craque vencer Bobby Charlton por 81/80. Assim perdeu por 80/81 (clicar). Os portugueses são, de facto, um "povo estranho"! E pelos vistos não é de agora. Já tem "barbas".





3 comentários
comentários
  1. Saraiva não jogou nenhuma final e isso talvez não o tenha favorecido. Os jogadores da defesa e meio campo não têm a mesma visibilidade dos avançados, salvo os mais carismáticos e de maior classe tais como foram Germano, Ângelo e Coluna por exemplo.
    Na verdade sei pouco de homens como Neto, Serra, Mário João, Cruz, Humberto Fernandes, entre outros.
    Mas aquela década teve jogadores que ficam lendários e não apenas pelo seu talento, leia-se virtuosismo técnico. Lembro-me de ter lido não há muito tempo umas declarações de um jogador do Nuremberga, campeão Alemão esmagado por 6-0 na Luz que nunca tinha visto uma equipa jogar com tanta entrega ao jogo como o SLB nesse dia. E muito desse empenhamento ficava a dever-se a homens como Saraiva.
    E com o artigo de Alberto Miguéns ficamos a saber mais sobre Saraiva.
    Fico a saber que era Transmontano, algo que me agrada muito e que certamente influenciou muito a sua atitude em campo. Rijo, empenhado, forte e leal, qualidades essas que certamente fizeram com que o feiticeiro Guttmann pretendesse a sua contratação.
    Que amanhã seja um dia de emoções fortes e positivas para o Alberto e para o grande Saraiva. Agradeça-lhe por mim o muito que Saraiva deu ao SLB. Merece a lembrança e o carinho dos Benfiquistas.
    Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Victor Carocha

      Não me esquecerei de lhe falar de um outro transmontano por "inerência". Muito mais novo que ele mas que o encontra com facilidade em qualquer fotografia, seja nítida ou não.

      Trisaudações Gloriosas

      Alberto Miguéns

      Eliminar
  2. Peso da Régua onde nasceu em 1934 fez-lhe uma merecida homenagem. Deu em 2008 ao pavilhão desportivo o nome de ANTONIO SARAIVA !!!

    ResponderEliminar

Em Defesa do Benfica no seu E-mail